Filmes | Curtas


CURTAS-METRAGENS



1 - GRAÇA

DIREÇÃO / DIRECTION: ANNA CLARA PELTIER                                 Livre   

16 MIN | 2013 | BRASIL - RJ / BRAZIL


Graça é uma atleta de nado sincronizado, que tenta superar seus limites. Debaixo d’água, ela mergulha também no seu mundo interior. A transição entre a infância e a adolescência é o delicado pano de fundo deste curta-metragem de Clara Peltier. Ao mesmo tempo em que a personagem título enfrenta os limites físicos nos treinos, a pré-adolescente tem que lidar com a fase de mudanças e descobertas do próprio corpo.


Graça is a synchronized swimmer who is always seeking to push her limits. As she dives into the water, she plunges into her inner world. The transition from childhood to adolescence is the delicate backdrop against which Clara Peltier's short film is set. At the same time that the title character of the film confronts her physical limits in training, the pre-adolescent has to deal with the processes of change and discovery taking place in her own body.


BIOFILMOGRAFIA DA DIRETORA | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Formada em Jornalismo e Cinema pela PUC-Rio, Clara Peltier se especializou em roteiro e direção na New York University. Foi roteirista dos documentários Rio dos Esportes(2008), Francisco Brennand (2012) e Território do Brincar (2015). Escreveu e dirigiu os curtas Isa dos Ventos (2008) e Graça (2013), este vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival Femina e exibido em diversos festivais internacionais, como o Festival de Cine Iberoamericano de Huelva; Miami International Film Festival e Berlin International Short Film Festival, entre outros.


Trained in Journalism and Film at  the university of PUC-Rio, Clara Peltier majored in screenwriting and directing at New York University. She wrote the scripts for the documentaries Rio dos Esportes (2008), Francisco Brennand (2012) and Território do Brincar (2015). She also wrote and directed the short films Isa dos Ventos (2008) andGraça (2013), which won the Special Jury Prize at the Festival Femina and was shown at various international festivals, such as the Festival de Cine Iberoamericano de Huelva; the Miami International Film Festival and the Berlin International Short Film Festival, among others.


Direção / Director: Anna Clara Peltier

Roteiro / Script: Anna Clara Peltier

Fotografia / Cinematography: Gustavo Hadba, Lula Cerri

Som / Sound: Felippe Mussel

Direção de Arte / Art Director: Mariana Jannuzzi

Figurino / Costume Designer: Monique Argalji

Montagem / Editor: Marilia Moraes

Edição de Som e Música / Audio and Music Editor: Bernardo Uzeda





2 - BETE DO PESO | BETTY OF THE WEIGHTS

DIREÇÃO / DIRECTION: KIKO MOLLICA                                                Livre  

26 MIN | 2013 | BRASIL - SP / BRAZIL         


Maria Elisabete Jorge, conhecida como ‘Bete do Peso’, foi a primeira levantadora de peso a defender o Brasil em uma Olimpíada. Esse esporte, presente nos Jogos Olímpicos desde o início das competições da Era Moderna, só incluiu a participação feminina em 2000. Divulgar essa modalidade pouco reconhecida no país e resgatar a história dessa brasileira de origem humilde, que chegou a Sydney já aos 43 anos de idade e utilizou o esporte para ultrapassar fronteiras sociais, é a proposta desse documentário.


Maria Elisabete Jorge, known as ‘Betty of the Weights’, was the first female weightlifter to represent Brazil at the Olympics. The sport, which has been part of the Olympic games since the start of the Modern Era, only allowed women to compete in the year 2000. The aim of this documentary is to cast a spotlight on this little recognized event in Brazil and to do justice to the story of a Brazilian woman from an underprivileged background, who reached Sydney at the age of 43, and used the sport to overcome social barriers.

                                                                                   

BIOFILMOGRAFIA DO DIRETOR | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, Kiko Mollica estreou no cinema, em 2003, com o curta-metragem Seu pai já disse que isso não é brinquedo, que recebeu vários prêmios em diferentes festivais. Repórter do Canal Brasil de São Paulo há mais de 15 anos, também dirige making of de longas-metragens e programas para TV. Dentre seus trabalhos destacam-se os documentáriosNos Domínios de David (2011), Cenografia de Uma Vida (2009), 10 Advertências e 1 Bênção (2005), Crítica em Movimento (2004) e Todas as Horas (2003); e os curtas-metragens Íris (2013) e          

Soberano (2005), além do premiado curta de estreia Seu pai já disse que isso não é brinquedo (2003).


A Social Communications graduate from the Federal University of Minas Gerais (UFMG), Kiko Mollica began his career in cinema with the short film Your Father Told you That This is Not a Toy (Seu pai já disse que isso não é brinquedo), which won various awards at different festivals. A reporter for the Canal Brasil television channel of São Paulo for over 15 years, he also directs making of for feature films and television programs. Highlights of his career include the documentaries In the Dominions of David(Nos Domínios de David) - 2011, Scenes from a Life (Cenografia de Uma Vida) - 2009, 10 Warnings and 1 Blessing (10 Advertências e 1 Bênção) - 2005, Criticism in Motion (Crítica em Movimento) - 2004, and All The Hours (Todas as Horas) - 2003; and his short films Íris - 2013, and Sovereign (Soberano) - 2005, in addition to his first short film, Your Father Told You That This is Not a Toy.


Roteiro e Direção / Screenplay and Director: Kiko Mollica

Produção Executiva / Executive Producer: Luciana Pilon

Direção de Fotografia / Director of Cinematography: André Luiz de Luiz

Fotografia Adicional / Additional Cinematography: Erick Mammoccio

Montagem / Editor: Rui Calvo

Trilha Sonora Original / Original Soundtrack: Paulo Beto

Edição de Som e Mixagem / Sound Editing and Mixing: Daniel Turini e Fernando Henna

Arte / Art: Júlio Dui





3 - PUÑO Y METAL | PUNHO E AÇO | FIST AND STEEL

DIREÇÃO  / DIRECTION: VICTOR ALONSO BERBEL                          Livre   

14 MIN | 2015 | ESPANHA / SPAIN                                               


Luta constante, lealdade e coragem até a vitória final. São esses os preceitos de um ginásio underground, onde pessoas de bairros populares de Barcelona se encontram para expressar seus sentimentos por meio do boxe.


Constant struggle, loyalty and courage until the ultimate victory. These are the tenets of an underground gym where people from the working-class neighborhoods of Barcelona gather to express their feelings through boxing.


BIOFILMOGRAFIA DO DIRETOR | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Victor Alonso Berbel (Barcelona, 1993) é formado em Cinema e Televisão pela Universidade Pompeu Fabra. Também estudou cinema e televisão na Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e recentemente recebeu uma bolsa da Fundação La Caixa para realizar um Mestrado em Belas Artes, nos Estados Unidos. Punho e Aço é o seu primeiro documentário, pelo qual recebeu o Prêmio SGAE - Novos Cineastas de Melhor Diretor, no Festival Internacional de Cinema de Sitges, entre outros.


Victor Alonso Berbel (Barcelona, 1993) is a Film & TV graduate at Pompeu Fabra University. He’s also studied filmmaking and television at the University of California, Los Angeles, and recently he’s been granted a scholarship by La Caixa Foundation to study a MFA in the United States. Fist & Steel is his first documentary work, for which he received the SGAE -New Filmmakers Award for Best Director at the Sitges International Film Festival, among others.


Direção / Direction: Victor Alonso Berbel

Roteiro / Script: Victor Alonso Berbel, Marc Guanyabens Pous

Produção / Production: Fractal 7 / Universidade Pompeu Fabra

Fotografia / Cinematography: Marc Guanyabens Pous, Marina Amores, Ashley Pascual

Som / Sound: Ashley Pascual

Montagem / Editor: Victor Alonso Berbel, Marc Guanyabens Pous

Música / Music: DJ Rush




4 - DNA PARA VOAR | DNA TO FLY

DIREÇÃO / DIRECTION: FABIO BENVENUTI E LEONEL 
SANT’ANNA                                                                                     Livre   

5 MIN | 2013 | BRASIL - SP / BRAZIL


Avô, filho e neto realizam um sonho: voar juntos. O curta-metragem é o registro do primeiro salto de paraquedas de três gerações, na América Latina, realizado pela família Costa.

É o que apresenta, de forma dinâmica e emocionante, este pequeno e impactante documentário, que une o DNA de uma família de paraquedistas também no ar. O mesmo sonho realizado une no espaço, num instante, três tempos muito distintos de vida.


A grandfather, father and son fulfill a dream: to fly together. This short film is the record of the first parachute jump in Latin America involving three generations of relatives, carried out by members of the Costa family. This short, moving documentary compellingly presents the collective DNA of a family of parachutists in flight: pursuing a shared dream realized in space, in a moment, and spanning three different generations.


BIOFILMOGRAFIA DOS DIRETORES | DIRECTORS’ FILM BIOGRAPHIES        

Fabio Lucio Benvenuti é paulista, formado em Publicidade e pós-graduado em Cinema, na Belas Artes de São Paulo. Atua no mercado audiovisual desde 2003. Diretor da Ragna Filmes, produz vídeos para a ALMAP-BBDO, dentre outros.


Leonel Sant’Anna, nascido em Porto Alegre, iniciou trabalhos independentes e foi para São Paulo fazer o Curso Intensivo de Cinema, na Academia Internacional de Cinema - AIC. Concluiu o Curso de Audiovisual na Universidade Paulista - UNIP e hoje trabalha para produtoras locais, mantendo sempre a independência de seus projetos.


Fabio Lucio Benvenuti is a Marketing graduate from São Paulo; who also has a post-graduate diploma in Cinema from the Belas Artes college (SP). He has worked in the audiovisual market since 2003. The director of Ragna Filmes, he has produced videos for ALMAP-BBDO, among other companies.


Leonel Sant’Anna was born in the southern Brazilian city of Porto Alegre. He started work on independent projects and went to São Paulo to take the Intensive Course in Film at the International Film Academy (Academia Internacional de Cinema - AIC). He completed the Audiovisual Course at Paulista University - UNIP and currently works for local producers, always with a view to preserving the independence of his projects.


Produtora / Producer: Ragna Filmes

Direção / Director: Fabio Lucio Benvenuti e Leonel Sant’Anna

Roteiro / Screenplay: Fabio Lucio Benvenuti

Fotografia / Cinematographer: Leonel Sant’Anna

Produção / Producer: Bruna Viana & Hugo Campos

Direção de Arte / Art Director: Hugo Campos

Montagem / Editor: Vinícius Brandão

Edição / Editors: Fabio Lucio Benvenuti, Hugo Campos, Leonel Sant’Anna, Michelle Massatelli,  Vinícius Brandão

Trilha Sonora / Soundtrack: Beto Mendonça - Estúdio 185

Produtor Executivo / Executive Producer: Fabio Lucio Benvenuti



5 - LAST BASE | BASE FINAL

DIREÇÃO  / DIRECTION: ASLAK DANBOLT                                       Livre  

15 MIN | 2014 | NORUEGA / NORWAY


Depois que seu grande amigo Roger morre em um acidente de base-jumping, Joachim tem que prometer para sua namorada que vai parar com esse esporte para sempre. Eles estão esperando seu primeiro filho e o esporte é perigoso demais para um pai de família. Mas antes, ele vai partir em uma última aventura, contrariando a vontade da namorada. Junto com seu melhor amigo, Öyvind, parte para escalar o Monte Katthammaren, homenagear Roger e dar seu último salto. Mas quando uma tempestade se aproxima, a amizade deles é posta à prova. Öyvind quer voltar, mas Joachim aparentemente não permitirá que nada impeça esse seu último salto.


When his good friend Roger is killed in a base-jumping accident, Joachim has to promise his girlfriend to give up base-jumping for good. They’re expecting their first child together and base-jumping is far too dangerous for a family man. But first he endevours one last adventure, against his girlfriends wishes. Together with his best-friend Øyvind he sets out to climb Mt. Katthammaren to honour Roger and do his last jump. But when a thunderstorm approaches, their friendship is put to the test. Øyvind wants to turn back, but Joachim will apparently stop at nothing to pull off his very last jump.


BIOFILMOGRAFIA DO DIRETOR | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Aslak Danbolt é de Bergen, na costa oeste da Noruega. Estudou direção de documentários na Escola Superior de Lillehammer antes de concluir um mestrado em cinema pela Escola de Cinema de Londres, em 2014. Trabalha com documentários e ficção, e seus filmes já foram selecionados para competir em vários festivais de cinema de todo o mundo, inclusive de Tribeca, Chicago, IDFA, Slamdance, Montreal e Salônica. Aslak vive hoje em Oslo, na Noruega, onde dirige séries de documentários para a TV e prepara seu primeiro longa.


Aslak Danbolt originates from Bergen on the west coast of Norway. He studied documentary directing at Lillehammer University College before earning an MA in filmmaking from The London Film School in 2014. He makes both documentary and fiction and his work has been selected for competition at many film festivals around the world incl. Tribeca, Chicago, IDFA, Slamdance, Montreal & Thessaloniki. He’s now living in Oslo, Norway directing a documentary series for TV and working on his first feature.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              

Martin-the Ghost – Documentário/Documentary 25 min (2009, roteiro e direção/writer and director); Base Final – Ficção/Fiction 15 min (2014, roteiro e direção/writer and director ); Home – Documentário experimental/Experimental documentary 5 min (2015, roteiro e direção/writer and director); Homeless – Série documentários/Documentary series 6 x 60 min (2015, direção/director)


Direção / Director: Aslak Danbolt

Roteiro / Writer: Aslak Danbolt (história/story)

Fotografia / Cinematography: Stian Thilert

Design de Som e Som Direto / Sound recordist and design: Fanny Wadman

Montagem / Editor: Björnar Rydland Thyholdt





6 - SYNC | SINCRONIA

DIREÇÃO  / DIRECTION: MARI SANDERS                                     Livre   

11 MIN | 2013 | HOLANDA / HOLLAND


Iris e Kimberly, que se consideram as melhores amigas para sempre, têm uma paixão em comum: o nado sincronizado. Até mesmo sua rotina diária parece inteiramente afetada pelo esporte favorito. Quando uma competição importante coloca à prova as habilidades e a harmonia entre as duas, um pequeno erro evidencia problemas nessa amizade. Elas têm de fato o mesmo empenho? Essa amizade vai durar para sempre?


Iris and Kimberly, best friends forever, share a passion: synchronized swimming. Even their daily routine seems seriously effected by their favourite sport. When an important swimming competition puts their skills and their harmony to the test, one little mistake foreshadows problems in their friendship. Do they really share the same drive? Will their friendship last forever?  

BIOFILMOGRAFIA DA DIRETORA | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Mari Sanders nasceu em 1988 em Eindhoven, Holanda. Formou-se em Design Audiovisual em 2012, pela Academia AKV St. Joost, em Breda, com seu filme Rue des Invalides. Um ano após se formar, Mari realizou – como parte do programa anual de curtas holandês Kort! – o curta Sincronia, escrito por Lianne Damen e produzido pela IJswater Films. Dentro do programa anual de intercâmbio de empresas emissoras de televisão europeias, o EBU Eurovision Drama Exchange, Mari realizou o curta infantilGo Daan Go!, também escrito por Lianne Damen e produzido pela IJswater Films.

Mari Sanders was born in 1988 in Eindhoven, the Netherlands. In 2012 Sanders graduated from AKV St. Joost Academy in Breda in Audiovisual Design, with his filmRue des Invalides. A year after his graduation Sanders made – as a part of the annual Dutch short film program Kort! – the short film Sync, which was written by Lianne Damen and produced by IJswater Films. In the context of EBU Eurovision Drama Exchange, an annual exchange program for European television broadcasting companies, Sanders made the children’s short film Go Daan Go!, which was also written by Lianne Damen and produced by IJswater Films.    

Rue des Invalides – Curta/short film, 21’ - 2012, Graduation/Graduação; Sync – Curta/short film, 10’ - 2013, Director/Diretora; Go Daan Go! – Curta/short film, 15’ - 2014, Director/ Diretora


Direção / Director: Mari Sanders

Roteiro Writer: Lianne Damen

Coreografia / Choreography: Pauline Roelants 

Coreografia na Piscina / Swimmingpool Choreography: TessaPopelier

Fotografia / Director of Photography: Sal Kroonenberg

Direção de Arte / Production Design: Ben Zuydwijk

Figurino / Costume Designer: Lynn van Eck

Som / Sound: Vitor Dekker

Design de Som e Mixagem / Sound Design and Mixage: Nardi Van Dijk – Warnier/Posta

Música / Composer: Ralph Timmermans

Montagem / Editor: Saskia Kievits



7 - MY DREAM GRECO-ROMAN | MEU SONHO GRECO-ROMANO

DIREÇÃO  / DIRECTION: BONGKEUN KWON                                    Livre  

15 MIN | 2014 | COREIA DO SUL / SOUTH KOREA

           

Yong-Jae, um lutador amador de 33 anos, terá uma luta por um lugar, hoje, na equipe nacional, o que poderá ser a última chance da sua vida.


Yong-Jae, 33 years-old amateur wrestler, will have a match for the national team today, which could be his last chance in his life.


BIOFILMOGRAFIA DO DIRETOR | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Bongkeun Kwon nasceu em Chunchon, na Coreia do Sul. Formou-se em Língua e Literatura Russa pela Universidade Nacional de Seul, com a tese “A Teoria Dualista da Culturologia Russa Exibida nos Filmes de Andrei Tarkovskii”. De 2009 a 2012, Kwon cursou o Mestrado em Criação de Roteiro pela Universidade de Columbia. Seu primeiro curta, realizado em Nova York, Singing in the Park, foi selecionado como modelo no programa NYC TV, exibido em agosto de 2011, junto com uma entrevista com o realizador. Seu curta de tese, Nuclear Family, foi convidado para exibição no Festival Internacional de Curtas-Metragens de Busan 2013 e no Festival Internacional de Cinema de Gwang Ju. Depois de se formar, ele foi selecionado para o Programa de Financiamento do Conselho Coreano de Cinema com seu filme Let me Cry for You, recebendo um financiamento de US$ 9,000 para produção. Além disso, seu roteiro foi selecionado para o Programa de Produção de Filme S3D (3D estereoscópico) da Academia de Cinema da Coreia, com financiamento de US$ 35,000 para a produção de Meu Sonho Greco-RomanoLet me Cry for You foi convidado para exibição no Festival de Cinema Independente de Seul (2013) e Meu Sonho Greco-Romano foi exibido em S3D no Museu Nacional de Arte Moderna e Contemporânea em Seul, Coreia (jan-mar 2014). O curta fez parte ainda da seleção oficial de diversos festivais de cinema, inclusive o Festival Internacional de Cinema de Jeon-Ju, Festival de Curta-Metragem Mise-en-Scène, Festival Internacional de Cinema do Havaí (EUA), Festival de Cinema de Esporte BCN (Espanha) e Cine Deporte (México).

Bongkeun Kwon was born in Chunchon, South Korea. He received BA in Russian Literature and Language from Seoul National University with a graduation thesis on “Dualistic theory of Russian Culturology shown in Andrei Tarkovskii’s films”. From 2009 to 2012, he pursed MFA at Columbia University in screenwriting. His first short film made in NYC is called Singing in the Park and was selected as a short film showcase in the NYC TV program, which aired in August, 2011 along with his interview. His thesis short Nuclear Family was invited and screened at Busan International Short Film Festival 2013 and Gwang Ju International Film Festival. After graduation, he was selected for Korean Film Council Funding Program with his movie Let me Cry for You and won $ 9,000 fund for production. Also with his script he was selected for Stereoscopic 3D Movie Production Program from Korea Film Academy and won $ 35,000 fund for the production of My Dream Greco-RomanLet me Cry for You was invited and screened at Seoul Independent Film Festival (2013) and My Dream Greco-Roman was screened in S3D at National Museum of Modern and Contemporary Art in Seoul, Korea (Jan-Mar 2014). It was also officially selected at various film festivals, including Jeon-Ju International Film Festival, Mise-en-Scene Short Film Festival, Hawaii International Film Festival (USA), BCN Sports Film Festival (Spain), and Cine Deporte (Mexico).


Direção / Direction: Bongkeun Kwon

Roteiro / Script: Youngwoo Lee

Fotografia / Cinematography: Hyunok Kim 

Som / Sound: Won Kim

Direção de arte / Art Director: Kyoungnam Kook

Figurino / Costume Designer: Yunha Choi

Montagem / Editor: Heeyoung Choi

Música / Music: Donggyu Lee





 8 - O DONO DA CAPOEIRA THE CAPOEIRA BOSS

DIREÇÃO / DIRECTION: ROBERTO AUGUSTO A. PEREIRA                   Livre    

14 MIN | 2014 | BRASIL - MA / BRAZIL            


Documentário sobre Anselmo Barnabé Rodrigues, o ‘Mestre Sapo’, fabuloso capoeirista baiano, que chegou a São Luís do Maranhão na década de 1960. Radicando-se na cidade, marcou profundamente a história da capoeira local, a ponto de hoje ser possível afirmar que a capoeira do Maranhão se divide em antes e depois do Mestre Sapo.


A documentary about Anselmo Barnabé Rodrigues, the so-called ‘Master Frog', an amazing Bahian capoeira exponent who arrived in São Luís do Maranhão in the 1960s. Having established himself in the city, he set about radically altering the history of local capoeira, to the extent that it's possible to say that capoeira in Maranhão can be divided into two phases: before and after Master Frog.


BIOFILMOGRAFIA DO DIRETOR | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Roberto Augusto A. Pereira, 37 anos, natural de São Luís (MA), é diretor e roteirista do documentário curta-metragem O Dono da Capoeira, ganhador de cinco prêmios no 37º Festival Guarnicê de Cinema 2014: Melhor Documentário, Melhor Trilha Sonora e Melhor Filme Curta Maranhense, pelo Juri Técnico; Prêmio Mauro Bezerra de Documentário Maranhense; e o Prêmio BNB de Cinema para Melhor Filme Curta-Metragem Digital Maranhense. Professor de História, licenciado pela Universidade Federal do Maranhão, além de pesquisador e contra-mestre de capoeira, é autor do livroRoda de Rua – Memórias da Capoeira do Maranhão. Atualmente está dirigindo dois outros filmes, que estão em pleno andamento.


Roberto Augusto A. Pereira, 37, a native of São Luís (state of Maranhão), is the director and writer of the short documentary, The Capoeira Boss, winner of five prizes at the 37thFestival Guarnicê de Cinema 2014: Best Documentary, Best Screenplay and Best Short Film from Maranhão, awarded by the Technical Jury; the Mauro Bezerra Prize for a Documentary from Maranhão; and the BNB Cinema Award for Best Digital Short Film from Maranhão. A history teacher on sabbatical from the Federal University of Maranhão, in addition to being a capoeira researcher and contra-mestre (vice-master), he is the author of the book Roda de Rua – Memórias da Capoeira do Maranhão (Ring of the Street – Memories of the Capoeira of Maranhão). He is currently directing two other films, which are in full production.


Direção / Director: Roberto Augusto A. Pereira

Roteiro / Screenplay: Roberto Augusto A. Pereira

Fotografia / Cinematography: Paulo do Vale

Som / Sound: Felinto Reis   

Direção de Arte / Art Director: Paulo do Valle                                   

Figurino / Costume Designer: Michele Cabral

Montagem / Editor: Marcelo Souza (Slapzion)

Música / Music: domínio público / public domain     





9 - CADET | CADETE

DIREÇÃO  / DIRECTION: KEVIN MEUL                                                     Livre   

15 MIN | 2013 | BÉLGICA / BELGIUM                                               


Uma negra tragicomédia sobre Steve, atleta de 13 anos, que está sendo dopado em segredo pelo pai e técnico, Patrick, para melhorar sua performance nas pistas. Steve precisa fazer uma escolha difícil entre sua auto-estima e os desejos do seu pai.


A pitch-black tragicomedy of Steve, a 13 years-old athlete who is secretly being doped by his father and coach Patrick, to enhance his performance on the track. Steve is faced with the hard choice between his self-esteem and his father's wishes.


BIOFILMOGRAFIA DO DIRETOR | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Kevin Meul (1979, Bélgica) formou-se pela Escola de Cinema Sint-Lukas, em Bruxelas, em 2003. Desde então, vem sendo atuante na indústria cinematográfica belga, principalmente como roteirista e/ou diretor de curtas, vídeos musicais e comerciais. Kevin é contratado da produtora Comrad, dirige programas ao vivo de televisão para a Sporting Telenet e está desenvolvendo seu longa de estreia com a Fobic Films.


Kevin Meul (1979, Belgium) is graduated at the Sint-Lukas Filmschool in Brussels, in 2003. He has since been active in the Belgian film industry, mainly as a writer and/or director of short films, music videos and commercials. He's signed to the production company Comrad, he directs live television shows for Sporting Telenet and currently he develops his debut feature film with Fobic Films.


Direção / Director: Kevin Meul

Elenco / Featuring: Aäron Roggeman (apresentando/introducing), Robby Cleiren

Fotografia / Director of Photography: Ruben Impens

Trilha Sonora / Soundtrack: Younes Faltakh, part./ft. Channel Zero, Get Ready & Soulsister





10 - UM HOMEM QUE VOA: NELSON PRUDÊNCIO THE MAN WHO FLIES: NELSON PRUDÊNCIO

DIREÇÃO / DIRECTION: MAURÍLIO MARTINS E ADIRLEY QUEIRÓS                                                  Livre   

26 MIN | 2012 | BRASIL - RJ / BRAZIL         


Os saltos triplos de Nelson Prudêncio sempre o levaram para longe. Deram ao garoto negro de Lins, que virou atleta somente aos 20 anos, duas medalhas olímpicas: a prata, numa épica final em 1968 – quando reteve, por instantes, o recorde mundial –, e o bronze, em 1972. Um feito ainda hoje raro no atletismo verde e amarelo. Depois dos saltos, Nelson voou e, num fato ainda mais raro, prosseguiu os estudos e tornou-se doutor, lecionando até os seus últimos dias na Universidade Federal de São Carlos, a UFSCar, em São Paulo.


The story of Nelson Prudêncio, the black boy from Lins who took up athletics at the age of 20 and became one of the principal characters in the epic triple-jump final at the Mexico Olympics, in 1968 – the most dramatic the event has ever seen. His jumps brought him the silver medal and the world record, for a few unforgettable and fantastic minutes. After his jumps, Nelson's career really took off. He became a Doctor and lectured at the Federal University of São Carlos, in São Paulo, until the end of his life – an unprecedented achievement for a former athlete.


BIOFILMOGRAFIA DOS DIRETORES | DIRECTORS’ FILM BIOGRAPHIES   

Maurilio Martins tem 37 anos, é sócio-fundador da produtora mineira Filmes de Plástico e formado em cinema pelo Centro Universitário UNA, em Minas Gerais. Diretor e roteirista, realizou os curtas Contagem e Quinze, premiados no Brasil e no exterior.


Adirley Queirós tem 45 anos, é membro da Ceicine, o coletivo de cinema de Ceilândia, em Brasília, e formado em cinema pela UnB. Diretor e roteirista, realizou os longas A Cidade é uma só? e Branco Sai, Preto Fica, ganhadores de dezenas de prêmios pelo mundo.


Maurilio Martins is 37 and is the founder-partner of the Minas Gerais production company Filmes de Plástico. He graduated in cinema from the Centro Universitário UNA in Minas Gerais and, as writer and director, made the short films Contagem (Reckoning) and Quinze (Fifteen), which won awards both in Brazil and abroad.


Adirley Queirós is 45. He is a member of Ceicine, the Ceilândia cinema cooperative in Brasília, having graduated in cinema from the University of Brasilia (UnB). A director and screenwriter, he made the feature films A Cidade é uma só? and Branco Sai, Preto Fica, which won dozens of awards around the world.


Direção / Director: Maurilio Martins & Adirley Queirós

Roteiro / Screenplay: Maurilio Martins & Adirley Queirós

Som / Sound: Francisco Craesmeyer & Guile Martins

Direção de Arte e Figurino / Art Direction and Costume Design: Tati Boaventura

Edição / Editor: Gabriel Martins

Música / Music: Carlos Francisco

Produção Executiva / Executive Producer: Thiago Macêdo Correia

Direção de produção / Director of Production: Thiago Macêdo Correia

Produção / Producer: Vânia Catani





11 - KISS ME NOT | NÃO ME BEIJE        

DIREÇÃO  / DIRECTION: INÈS LOIZILLON                                          Livre   

28 MIN | 2015 | FRANÇA / FRANCE 


14 anos. Adolescência. Gelo. Blanche é patinadora no gelo, Werner skatista.

Numa quarta-feira à tarde, eles se esbarram num rinque de patinação e se apaixonam.

Esta ficção francesa resgata o preto e branco para construir um delicado curta-metragem que rima amor com juventude e esporte.


14 years old. Teenagehood, ice. Blanche ice skates, Werner skates.

On a Wednesday afternoon, they run into each other at the ice rink and fall in love.

This French fiction uses black and white images to create a delicate short story combining the themes of love, youth and sport.

BIOFILMOGRAFIA DA DIRETORA | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Nascida em 1990, Inès Loizillon cresceu em Paris. Entre os 19 e 23 anos, realizou seus primeiros curtas, que ela mesma produziu, e estudou Literatura, Teatro e Cinema (Mestrado em Artes e Letras pela Ehess). Em maio de 2014, escreveu e dirigiu, junto com Alice de Lencquesaing, sua primeira peça, Tous les garçons (et les filles). Aos 24 anos dirigiu seu curta-metragem Não me Beije (Kiss me not), produzido pela G.R.E.C. e a C.N.C., na França. Inès está atualmente trabalhando no seu próximo filme.


Born in 1990, Inès Loizillon has grown up in Paris. Between 19 and 23 years old, she makes her first autoproduced short-films and studies litterature, theater and cinema (Master of arts and languages at the Ehess). In May, 2014, she co-write and co-direct, with Alice de Lencquesaing, her first play, Tous les garçons (et les filles) / Every boys (and girls).

At 24, she directs her short-film, Kiss me not, produced by the G.R.E.C. and the

C.N.C., in France . Now, Inès works on her next film.


Direção / Direction: Inès Loizillon

Produção / Producer: Le G.r.e.c.

Fotografia / Director of Photography: Chloé Bouhon

Som Sound: Rémi Carreau

Montagem / Editor: Anne Laure Viaud

Edição de Som / Sound Editor: RémiCarreau

Mixagem / Mixing: Romain Ozanne

Música / Music: Quentin Leroy

Direção de Arte / Art Direction: Emma Jaubert

Roteiro / Script: Inès Loizillon





12 - PANAROMA

DIREÇÃO / DIRECTION: JON HERRANZ                                    Livre
28 MIN | 2015 | ESPANHA / SPAIN 


Em julho de 2014, Edu Marín assumiu o projeto mais desafiador de sua vida: escalar aPanaroma – a lendária rota aberta por Alex Huber nos Alpes italianos, em 2007 – junto com seu pai de 62 anos, Francisco Marín ‘Novato’. Localizada no Parque Nacional Tre Cime di Lavaredo, essa via de 500 m tem a classificação de 8 C, tornando-se um dos mais difíceis paredões do mundo. O caráter árduo da escalada, o comprometimento psicológico necessário e o clima em constante mutação significam que apenas muito poucos conseguiram chegar ao cume. Além disso, a recente queda de blocos em algumas das seções mais desgastantes impediu alguns alpinistas de concluir a rota. Neste filme, pai e filho penetram no cerne das Dolomitas, tomando suas vidas nas mãos, na esperança de conseguir um feito esportivo inédito, o que os colocaria entre as lendas vivas do montanhismo.

                                                                   

In July 2014, Edu Marín took on the most challenging project of his life: climbingPanaroma – the legendary route freed by Alex Huber in the Italian Alps, in 2007 – with his 62 years-old father, Francisco Marín “Novato”. Located in the Tre Cime di Lavaredo National Park, the 500 m line is graded 8 C, making it one of the world’s hardest big walls. The demanding nature of the climb, the psychological commitment involved and the ever-changing weather means that only a handful of parties have managed to reach the summit. In addition, the recent fall of some blocks in some of the most engaging sections has prevented any climbers from completing the route. In this film, father and son enter the heart of the Dolomites, taking their lives into their own hands with the hope of accomplishing an unprecedented sporting feat which will place them among living climbing legends.


BIOFILMOGRAFIA DO DIRETOR | DIRECTOR’S FILM BIOGRAPHY

Jon Herranz nasceu em Getxo (Biscaia), em 1980, e já dirigiu vários curtas sobre esportes ao ar livre e escaladas, em parceria com a EpicTV, com centenas de milhares de visualizações ao redor do mundo pela Internet, além de alguns documentários esportivos, como PanaromaNovato e Restart. Seu documentário esportivo mais recente, Panaroma, recebeu vários prêmios do cinema, como o Prêmio Grivel Golden Axe 2015 de Melhor Filme no Festival Internacional de Cinema de Aventura ao Ar Livre Sancandido-Innichen, entre outros, e está na seleção oficial de vários festivais internacionais, como o de San Sebastián e o de Montanha, em Graz. Seu curta Novato foi selecionado para 14 festivais internacionais de cinema de montanha, como os de Bilbao, Trento, Vancouver, Graz, Coreia do Sul e Kendal. Dirigiu ainda documentários de cunho social, comoSikyong. The political revolution of the 14th Dalai LamaLa Plataforma Flames, vencedores dos prêmios de Melhor Filme no Festival Internacional de Cinema de Direitos Humanos de Barcelona.


Jon Herranz was born in Getxo (Biscay) on 1980, and has directed several climbing and outdoor sports short films with hundreds of thousands of views around the world through internet on partnership with EpicTV, in addition to some sport documentaries asPanaromaNovato and Restart. His last sport documentary, Panaroma, has won different Film Awards, as the 2015 Grivel Golden Axe Best Film Award at the Sancandido-Innichen Adventure Outdoor International Film Fest, among others, and it's part of the Official Selection of several International Film Festivals, as the San Sebastián, and the Graz Mountain Film International Festival. His short film Novato has been selected in 14 International Mountain Film Festivals as Bilbao, Trento, Vancouver, Graz, South Korea and Kendal. He has also directed social documentaries as Sikyong. The political revolution of the 14th Dalai LamaLa Plataforma, and Flames, receiving prizes as Best Film Award in the International Human Rights Film Festival of Barcelona.


Direção / Director: Jon Herranz

Produção / Production: Gerard Peris, Jon Herranz

Fotografia e Câmera / Camera and Photography: Jon Herranz, Marc Subirana, Gerard Peris

Operação de Drones / Drone Images: Marc Subirana

Montagem / Edition: Jon Herranz

Som / Sound: Gerard Peris, Jon Herranz

Seleção Musical / Music Selection: Jon Herranz

Fotografias Históricas / Historical Photos: Marcello Bonafede